Brasil atinge recorde de 2286 mortes por Covid-19 em 24 horas

Hoje, 10 de março de 2021, o Brasil bate mais um horroroso recorde, foram 2286 mortes por Covid-19 em 24 horas. Com esses números, atingimos 270.656 vítimas no Brasil desde o início da pandemia (Fonte Conass). O Brasil tem o segundo maior número de vidas perdidas no mundo, não só pela doença, mas também pelo vírus Bolsonaro.

Estamos vivendo o colapso do sistema de saúde, a dor de famílias que perdem as pessoas mais próximas sem poderem se despedir, muitas vezes aguardando leitos sem oxigênio e dignidade; vivemos tempos de desespero daqueles que sem auxílio não podem escolher ficar em casa, porque a única outra alternativa é a fome.

O Ministério da Saúde erra ao conduzir essa pandemia sem fortalecer a atenção primaria a saúde para o controle e monitoramento do sintomáticos respiratórios, erra em não testar em massa sua população, erra ao deliberadamente não comprar vacinas, erra ao propagar drogas sem eficácia, e persiste nos erros dia após dia na negação de tudo.

O atual momento é de luto e dor, era previsível e evitável. Ainda é!

Nossa solidariedade a todas as famílias que padecem com a dor da perda, aos profissionais de saúde que seguram a batalha contra a pandemia mesmo faltando forças e ao povo brasileiro que vive com a ameaça cotidiana de mais uma morte de uma pessoa conhecida e amada.

Precisamos de condições para ficar em casa, precisamos de condições nos hospitais, precisamos de máscaras e vacinas, precisamos de Fora Bolsonaro já!

Deixe uma resposta