CPI COVID: Senado investigará conduta do governo Bolsonaro na pandemia

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM), oficializou a abertura da chamada “CPI COVID”, após decisão do ministro Barroso do Supremo Tribunal Federal. A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) é requerimento do senador Randolfe Rodrigues (Rede) e da oposição para investigar as ações do governo Bolsonaro durante a pandemia. Os partidos ainda terão 10 dias úteis para indicar seus representantes na CPI.

A CPI é um avanço contra o genocídio instalado no nosso país, é urgente apurar e responsabilizar o governo Bolsonaro pelos seus atos e omissões que nos trouxeram as mais de 355 mil mortes por Covid-19 até o dia de hoje.

Ainda, Rodrigo Pacheco uniu a CPI com um outro requerimento do senador Eduardo Girão (Podemos), que quer investigar estados e municípios, numa tentativa clara de esvaziar o objetivo da CPI e deixar impune o presidente Jair Bolsonaro. Indo contra o Regimento Interno da Casa.

É preciso pressionar os senadores para uma investigação ampla e dura do governo Bolsonaro e de seus atores, que suas ações não fiquem impunes e que essa tragédia em curso no Brasil não seja esquecida.

Deixe uma resposta